28 de jun de 2002

chinês sem noção

O filme ontem na Band foi o máximo. O nome era algo como "prisioneiro no inferno", qd vi que era chinês parei pra assistir, qd vi o chon yun fat fiquei todo empolgadinho achando que ia rolar umas pancadarias (pq homem se amarra nessas porras?). Pois é, o filme é uma tentativa chinesa de fazer um filme de prisão, todos os elementos estão lá, policiais corruptos, gangues rivais, banho de mangueira, cigarros como moeda, brigas na lavanderia, intrigas e por ai vai, parece que eles leram numa cartilha. Mas o filme é passeio no parque, parece uma colônia de férias secundarista, muito bisônho. No finalzinho só que rola umas pancadarias nem um pouco artísticas, coisa de cadeia mesmo e termina com o chon yun fat arrancando a orelha de um cara com os dentes num surto psicótico. Deus como eu me diverti, esses chineses tentando fazer um filme durão é a coisa mais pateta do mundo, a impressão que dá é que não existe maldade no coração desse povo, mesmo eu sabendo que há, e muita.
Detalhe para cena, logo no início, do exame de toque retal feito nos prisioneiros que estavam chegando, o proctologista era um turco que parecia o bin laden. Agora imagina o Bin Laden dando uma dedada no Chon yun fat? Imaginou? Riu? Pois é... Eu adoro filme chinês.

Nenhum comentário: