25 de jul de 2002

Torcida Gótica Botafoguense


Estou convidando os demais góticos botafoguenses (e simpatizantes) para ingressar na Torcida Gótica Botafoguense.
Sou convicto de que a Estrela Alvinegra é o time mais gótico do mundo. Eis os motivos:

1) A estrela é solitária;
2) É preto e branco;
3) Tristemente nunca chega a lugar nenhum;
4) Não proporciona felicidade alguma aos torcedores;
5) O grande craque (mané garrincha) morreu deprimido e alcóolatra;
6) O Túlio esta indo para o mesmo caminho;
7) É um grande time falido, mas faz pose pra todo mundo;
8) É quetinho, na dele, mas tem nome e respeito;
9) Vive de passado;

Outra razão não relativa ao fator gótico do Botafogo, mas que o torna extremamente atraente:
Bota fogo é time para pessoas que se garantem, estão bem estabelecidas na vida e são autoconfiantes.
Pq? Pq maioria das pessoas usam o futebol como válvula de escape para as frustrações cotidianas, do tipo "to fudido e desempregrado, mas o MEU time ganhou do SEU time". Como o Bota fogo não ganha de niguém, ou ainda, raramente faz alguma coisa, quem torce para o Bota fogo demonstra grande firmeza psicológica e não sente necessidade de se sentir superior a alguém usando mecanismos mentais de projeção.

Na TGB você ainda tem a vantagem de poder cagar e andar solenemente para futebol, você não precisa saber quem é o time do Alvinegro, não precisa saber quando são os jogos (nós não iremos de uma forma ou de outra por que provavelmente estaremos de ressaca), não precisa saber como está o Fogão no campeonato (até pq ele costuma rodar logo nas primeiras fazes). E quando alguém entrar numas de dizer que você não gosta de futebol você ainda faz um ar Blasé e responde "eu gosto é do botafogo".

Em breve estaremos vendendo as blusas com a nossa marca, mas para se juntar a TGB basta dizer pra todo mundo que você é da TGB.

Venha ser uma escala de cinza entre o preto e o branco absoluto.
Venha para a TGB






22 de jul de 2002

por favor, serve pra mim o que esse japa anda tomando



Tipo assim...
Como se faz resenha de um filme que é bom pra caralho? Num sei fazer isso não...
Bom, vamos lá...

Tem o Miyazaki. Ele é fodão e só fez coisa fodona (como diria o PH deve ser uma merda ser foda, pois cada coisa que vc faz tem que ser ainda mais foda que a anterior). Ai tem "Alice no país das maravilhas", que é muito foda e inspira muita gente a fazer coisas boas (e outras deploráveis, mas podemos viver com isso). Ai tem as drogas, mas não preciso falar delas.

Mas pra mim é isso, sem medo de ser feliz afirmo.

Sipirited Away é o Alice no país das maravilhas da minha geração.

É imbatível, dentro do esteriótipo "menina tenta retomar sua vida normal e para isso tem que passar por perrengues muito loucos" não tem outro.
O filme é bem. Bem feito, bem escrito, sensível, engraçado, magicamente despretencioso e leve muito embora seja uma grande e responsável produção. É tudo de bom. Ainda bem que vai passar em circuito aqui no Brasil.

Eu tenho que lembrar ao meu irmão para ele atochar Spirited Away na mente do bolha do trabalho dele que pensa que só a Disney faz animação família que presta.
Vou parar por aqui pq eu não tenho mas nada a declarar...

No blog do Tiago e do Ronaldo vão ter resenhas tb e provavelmente na contracampo também. Essa galera tava toda lá...

16 de jul de 2002

Isso não pode ser sério

Advertências em embalagens portuguesas:

-Na embalagem do sabonete Dial:
"INDICAÇÕES: UTILIZAR COMO SABONETE NORMAL"
(Boa! Cabe a cada um imaginar usos anormais para sabonetes.)

-Em algumas refeições congeladas Swan:
"SUGESTÃO DE APRESENTAÇÃO: DESCONGELAR PRIMEIRO"
(Lembre, é só uma sugestão.)

-Num hotel que oferecia uma touca para o duche dentro de uma caixa:
"VÁLIDO PARA UMA CABEÇA"
(Tentaram pôr duas, porquê?)

-Na sobremesa Tiramisú da marca Tesco, impresso no lado de baixo da caixa:
"NÃO INVERTER A EMBALAGEM"
(Upa! Demasiado tarde!)

-No pudim da Marks & Spencer:
"ATENÇÃO: O PUDIM ESTARÁ QUENTE DEPOIS DE AQUECIDO"
(Será que ficará frio se arrefecido?)

-Na embalagem de uma tábua de passar da Rowenta:
NÃO ENGOMAR A ROUPA SOBRE O CORPO"
(Gostaria de conhecer a infeliz criatura que deu razão a este aviso)

-Num medicamento contra o catarro das crianças, da Boots:
"NÃO CONDUZA AUTOMÓVEIS NEM MANEJE MAQUINARIA PESADA DEPOIS DE TOMAR ESTE
MEDICAMENTO"
(Tantos acidentes na construção civil poderiam ser evitados se fosse
possível manter esses hooligans de 4 anos longe dos catterpillars)

-Nas pastilhas para dormir da Nytol:
"ADVERTÊNCIA: PODE PRODUZIR SONOLÊNCIA"
(Bolas, espero bem que sim!)

-Numa faca de cozinha:
"IMPORTANTE: MANTER LONGE DAS CRIANÇAS E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO"
(Mas que tipo de animal de estimação maneja facas?!?)

-Numa fileira de luzes de Natal:
"USAR APENAS NO INTERIOR OU NO EXTERIOR"
(Atenção, única e exclusivamente)

-Nos pacotes de amendoins da Sainsbury:
"AVISO: CONTÉM AMENDOINS"
(Mania de estragar as surpresas!!)

-Num pacote de frutos secos da American Airlines:
"INSTRUCÇÕES: ABRIR O PACOTE, COMER OS FRUTOS SECOS"
(E a parte da digestão?!? Esqueceram de avisar que depois de comer é
preciso digerir!!)

-Numa serra eléctrica da Husqvarna:
"NÃO TENTE DETER A SERRA COM AS MÃOS OU OS GENITAIS"
(Sem comentários).

15 de jul de 2002

Domingão

Depois da Animamundo, lá fomos eu e Carol para a Spin. Nunca tinha ido lá, o que é esquisito, mas pra tudo tem uma primeira vez. Bem bacana. Ver o povo da RioGoth, esbarrar com gente conhecida e jogar papo fora. O legal de domingo é que a galera reveza no som, acho que vou aventurar um set sacana no próximo domingão.

Rolou um pequeno intervalo para ver o que rolava no Galeria. Serviu para ouvir um pouco o som do Apavoramento. Bem bom também, eu até curto esse clima marginal do Eletro Funk.

Assim se faz um bom domingo.

"Jangada"

Em Copacabana tem uma loja de móveis chamada "jangada". É assim mesmo que se escreve: com aspas. Deve ser por que não é bem uma jangada, saca? É uma metáfora da jangada.

Vai entender.
animamundi report 02

AM 2 - RETROSPECTIVA 10 ANOS 2

flatworld - paguei para ver essa animação de novo e mostrá-la para a Carol. Perfeita, linda, maravilhosa... To falando da animação e da Carol ok?
Pois é, agora só sobre a animação: técnica foda, roteiro foda, bem dirigido, bem trabalhado, bem cuidado. Um primor, se vc não viu... Veja! Dá o seu jeito, referência obrigatória.

cocou, monsieur edgar - animação 3d de quarenta anos atrás, a história é bonitinha e o gráfico até tenta ser estiloso dentro da antiga e limitada tecnologia 3d. Com certeza é o curta mais fraco da AM 2.

the sandman - malvado, cruel, lindo. Character design foooooooooooda. É "Nightmare before christmas", mas fala diferente. Referência total pra animação góooooooooootica mas sem ser pela saco. Tim Burton total.

the hunter - engraçado, bem acabado. Atenção para as transições entre um corte e outro que são bem feitinhas pra caramba e combinam com o estilão do desenho. The hunter serve pra mostrar que existe vida bem humorada e dispretenciosa no leste europeu.

Geri's Game - Pô cara... É a Pixar neh... Os único 3d do mundo que me convence de cara e sem pestanejar. Esse veinho é muito foda.

A grana ta acabando (dia 15, lembram?). Espero poder assistir mais coisas...

14 de jul de 2002

animamundi report 01

Primeiro de tudo, pq o site da anima mundi é tão ruim?

Assisti à CC8:

okénka - Animação de nerd, gosdo, intelectual, que não come ningué, e odeia o mundo, as pessoas e a tecnologia por causa disso. Tem umas passagens sensíveis, mas a técnica é tosca mas não estilosa.

a donf - Ótima aplicação de pixelation pra tornar pessoas cartoons. Parece algo feito pelo Angeli, até pq o produtor, roteirista e atro principal me lembrou o Angeli. Foi a animação que mais divertiu o público, mas eu achi só engraçadinha.

aria - tudo que vc precisa saber sobre a ópera em 3 minutos. Num é muito bem feitinho não, mas tem umas cenas legais com umas metáforas boas. Eu não teria paciência de ver de novo.

dia de los muertos - podia ser memorável. Vcs sabem o qt eu gosto de calacas e esse clima mexicano. Os caras rescolveram misturar 3d com stop motion... pra que? Só pra mostrar que podiam. Se as caveiras 3d fossem mais calaca e menos foto realistas eu teria chorado e tudo de emoção. Mas no fim foi só mais uma.

the milliner - idéia básica num metáfora levemente original. Desses do mundo opressor (chapéu coco) que te força a entrar em acordo com a sociedade operando suas idéias versus a liberdade de expressão (chapéu maluco) que vence no final. Pena que parece um filem 3d de cinco anos atrás. e fosse mais bem feito poderia ser referência no assunto. Ah! E é chato tb, longo e muito parado.

Infection - Tem umas piadas boas e é mutio bem acabandinho, se os personagens fosse menos babação de ovo do Bill Plimpton's Mutant Aliens eu poderia até dar mais crédito. Mas num adianta, raro uma animação 3d me cativar. Por isso amo monstros S.A.

E foi isso, derrepente hj eu assisto mais alguma coisa e amanhã mais report para vcs...
Outra, anima mundi ta tudo de bom esse ano. A seleção de longas está legal, os curtas tão bem organizados, esse ano o foco é a Aardman que é fodona, tem muito mais opção de "onde ver" e eles seguraram um pouco o marketing pro evento ficar menos pop, menos cheiro e menos infernal. Esse ano ta relax. Parafraseando o Tiago, quem não for tem cara de pipoca.

12 de jul de 2002

11 de jul de 2002

We are the New Geeks

Gosto de padrões, etiquetas e coisinhas bonitas organizadas igual Power Rangers. Penso tudo em termos de blisters, fruto de uma infância em prateleiras de brinquedos.

Socialmente, isso se reflete nas inúmeras e fascinantes "tribos urbanas", termo já fora de moda e sem funcionalidade. Hoje vivemos muito mais um cruzamento de conceitos. Tipo a evolução DNA do digimon ou o fusão de Dragon Ball. Isso gera indivíduos compostos como quebra cabeças. Temos o sujeito "Romulo". Esse sujeito tem uma série de propriedades agregadas, cada propriedade dessas tem subpropridades, variações, declinações e assim por diante. Formando um organograma de relações. Eu acho isso lindo.

Além desse mar de individualidade, existe a união de indivíduos por afinidades, onde as interseções se atraem e se ganham força. Essas conexões geram um outro tipo indivíduo maior chamado grupo. Lembre-se, infinitamente complexo da pele pra dentro, infinitamente complexo da pele para fora. Assim sucessivamente.

Se conseguisse olhar para conjunto de interconexões de que faço parte, teria dificuldade de dar-lhe um nome. Principalmente se fosse me ater as já declaradas bregas "tribos urbanas". Pra começar, não somos nerds, muito embora gostemos de coisas de nerds. Gostamos de ficção científica, gostamos de teorias malucas e fantasia. Por que não somos nerds? Temos vida social, não temos dificuldade em nos sociabilizar, não temos dificuldade de aceitação social.

Somos bonitos? Não necessariamente, mas temos estilo antes de tudo. Temos vida sexual. A vida sexual que quisermos ter, sem bandeiras e/ou sexismos. Também não somos punks, nem góticos, nem clubbers, nem nada. Pegamos o que há de bom em cada um e agregamos para nós. Caçadores de referências.

Música, arte, literatura, cinema e afins nos são importantes como ar. Gostamos de coisas japonesas, mangas, animes, mas não videokê e karaokê. Não somos Otakus, não fazemos cosplay. Pelo menos não o tempo todo.

Somos os New Geeks. Quem quiser pegar a etiqueta e colar em si, pode ficar a vontade. Mas a grande graça de ser New Geek é não ser New Geek o tempo todo.

Reabertura da Bunker

Ontem estava eu na Bunker novamente graças ao amigo Theddy-o.

Festinha legal. Cheia, mas suportável. Som bom, pessoas boas.
Continuo gostando muito de dançar D&B (ritmo que, sem ser numa pista, eu não consigo ouvir nem meia música), mas só quando é o Lucio K tocando. Acho que já disse isso antes. Pena que acabei indo embora cedo, trabalho e coisas do tipo.

Foi bom ver o povo da RioGoth lá, deu até pra trocar uns 10 minutinhos de papo com o pessoal. Todos muito boa gente.

Fato: eu gosto de sair para dançar e sinto falta de fazer isso mais vezes.
Aliás eu estou tentando descobrir por que eu não faço isso nos fins de semana.
Vou tentar cair na Spin no domingo.

10 de jul de 2002

9 de jul de 2002

O post mais gay de todos os tempos

Hoje descobri que um amigo beesha de segundo grau virou traveco. Juntando isso com um post que eu estava pensando há algum tempo, está aqui o meu post gay.

Tipo assim, da tal sigla eu sou o S, sempre tive grande orgulho disso. Porém, confesso que as vezes me sinto meio ilhado. Um reduto de heterosexualismo (declinado como um desvio aqui) cercado por um mar de viadagem. Juro que por vezes me sinto freak show entre gays.

Óbvio que eu já cogitei largamente a idéia d'eu ser gay também. Acho que qualquer heterosexual que não pense seriamente na possibilidade de ser gay está se negando possibilidades. Uma vez que eu descobri que os únicos dois homens no mundo na qual eu me envolveria são dois grandes amigos meus (sem nomes, sem constrangimento), percebi que a questão é tendenciosa e com isso tirei algumas conclusões. Eu realmente admiro a beleza masculina, mas percebi que é sempre uma admiração por belezas que eu gostaria de ter. Ser mais alto, sarado, estiloso isso ou aquilo. Tesão por homem mesmo nunca tive. Pelo menos até hoje.

Gosto mesmo é de mulheres. De forma física e psicológica. O maior argumento em favor do criacionismo que conheço é a obviedade da mulher surgindo depois do homem. A versão 2.0 nunca pode vir antes da beta. Acho mulheres que gostam de mulheres algum tipo de feedback ideal. Sendo homem, posso falar com todas as palavras que homem é um saco! Isso pedia um trocadilho, mas não vai ter. Óbvio que tem mulheres que também são um saco. Normalmente são aquelas que se preocupam demais com homens. Óbvio que existem homens legais (até por que eu espero ser um). Normalmente são aqueles que não estão preocupados em ser "macho" o tempo todo.

Resumindo: da próxima vez que alguém me perguntar por que eu não saio do armário vou dar a seguinte resposta:

Por que está cheio de mulé boa aqui dentro!!!

Considero resposta mais do que suficiente. Para bom entendido...

8 de jul de 2002

As coisas mudam

Continuo usando aquele dicionário on line.

A palavra em primeiro lugar nas buscas agora é copiar.

Assustador.
um final de semana como eu gosto

vim uma porrada de filmes, então as resenhas vão ser curtas ok?
No mais foi como sempre: eu, Carol, Roberta, coca-cola e mousse de gorgonzola (pq nós somos chiquéeeeeeeeeeerrimos)

medo em cherry falls - eu recomendo, engraçadíssimo! O Serial Killer é um traveco que parece o Marilyn Manson. Reparem na cena do tubarão, esse filme vai ganhar um post maior qualquer dia desses.

como ser solteiro no rio de janeiro - pretencioso e sexista, se tiver meia piada boa é muito.

a fantástica fábrica de chocolate - eu amo esse filme, caos infantil em estado bruto, toda a malignidade da infância exposta sem medo de ser politcamente incorreto.

perseguidos por acaso - tem o Penn e o Teller. Eu gosto desses caras, reis do humor negro, estilosos e realmente engraçados, peões do caos se deixar eles fora dos palcos. O filme começa bem, os caras são foda, mas depois perde o rítmo. Pena, podia ser filmão.

domésticas - tem umas piadas boas, sofre um pouco na direção, mas é perdoável. As interpretações de suburbanas tão até boas, melhor do que muita interpretação lixo de novela das oito.

ilha dos mortos - parece mais um filme chato do Stephen King, mas é só um filme chato que não é do Stephen King.

a nova onda do Imperador - muito bom, histérico, bem feitinho, na linha de Hércules. Senso de realidade desligado.

a viagem de dexter - peguei pra carol ver, eu acho genial, pena que ela não curtiu.

nova iorque em pânico - treme tudo em nova iorque, mas as torres ficam inteiras. Rendeu umas boas piadas no começo, mas depois ficou chato.

E foi isso...


6 de jul de 2002

sim, eu sou um desenhista frustrado

A grande merda de ser designer/animador é que eu tenho que trabalhar com gente que sabe desenhar de verdade. Nessa vida eu tive que ver meu trabalho lado a lado com os trabalhos do Dilson, do Paulo, do Ronaldo, do Jairo e de uma pá de gente que nasceu com a cancha pra por idéia no papel usando de um lápis. Ai chega eu que num desenho porra nenhuma (para uma pessoa que absolutamente não sabe nada de desenho, parece que eu sei alguma coisa, mas pra um profissa ou qq um com o mínimo de dicernimento é bem claro o fato de que eu não sei desenhar, ou ainda, eu que eu desenho muito pouco) e cismo de tentar. Ronaldo já me explicou uma vez que eu pelo menos me esforço pra ser estiloso e não invento moda de fazer o que eu não sei, até por isso me dou bem com character design pra coisas minimais, fruto de horas a fio estudando como os caras bons fazem.
Engano o dele, eu tento fazer coisas que não sei.
Esse desenho é meio antigo (pouco mais ou pouco menos de um ano), mas na época eu não tinha blog. Eu nem o acho tão ruim, o que mata, é o rosto, o cabelo, a cor, a proporção, a perspectiva... pensando melhor eu acho ele ruim sim ...

4 de jul de 2002

Ainda sobre o Mark Sandman

A problema de ser feliz e ter uma vida boa é a certeza de que nunca vai se extrair genialidade da merda. Não é possível ser um Byron, um Baudelaire, um DeQuincey, um Huxley, um Burroughs, um Bukowisk ou até mesmo um Ian Curtis.

Só me resta ficar aqui no topo da minha felicidade admirando a saga dos corações partidos e das vidas sem rumo.

Para fechar: eu acho a letra de empty box tão foda que estou fazendo um cartão da voxcards inspirado nela.

Quando eu crescer

Quero ser canalha igual ao Mark Sandman. Quero ser cínico igual ao Mark Sandman. Quero ser gênio igual ao Mark Sandman. Quero sofrer por amor igual ao Mark Sandman. Quero ser estiloso igual ao Mark Sandman. Quero ser cool igual ao Mark Sandman. Quero tocar baixo igual ao Mark Sandman. Quero me drogar igual ao Mark Sandman. Quero viver na merda, mas ficar com um sorriso bobo no rosto igual ao Mark Sandman. Quero ser feio igual ao Mark Sandman. Quero escrever letras como as do Mark Sandman...

Eu só dispenso morrer como o Mark Sandman. Foi uma das poucas mortes no mundo da música que eu realmente senti.



Empty Box

Tore open a package it was an empty box
No meaning to me just an empty box
Sender was a woman
She said she's sending me everything that I never gave her before
She said fill it up and send it back
Fill it up and send it back
So I send her back an empty box
A big mistake sent back an empty box
Half in the shadows half in the husky moonlight
And half insane just a sound
I crossed into a valley a valley so dark
That when I look back I can't see where I begin
I can't see my hands
I don't even know if my eyes are open
In the morning I was by the sea
And I swam out as far as I could swim
Until I was too tired to swim anymore
And then I floated and tried to get my strength back
And then an empty box came floating by
An empty box and I crawled inside
Half in the shadows half in the husky moonlight
And half insane just a sound in the night
Half in the shadows half in the husky moonlight
And half insane just a sound

3 de jul de 2002

giant obey





Terrorismo publicitário e ideológico.
Tudo com muito estilo, é pra salvar e guardar como referência.
Construtivismo soviético na sua melhor forma.
o ataque dos albieres

Putz, fui ver ontem Ataque dos Clones no telão (pq eu já havia visto as boas partes no computador). O Filme é chato qd visto inteiro, tava empolgado com o que já tinha visto e acabei me decepcionando. O Ataque dos clones é dos clones mesmo! Foi a Glória Perez que escreveu o roteiro e os diálogos do chatéeeerrimo romance do Anakin e da Amídala.
Outra coisa que me ofende no filme é a forma idiota como o Obi-Wan descobre toda a "trama". Qd eu for jogar RPG de Star Wars eu já sei o macete, é só tratar todos os meus adversários como idiotas, pois os radares deles nunca funcionam e os guardas deles são completos imbecis.
Pelo menos ninguém nem menciona as mitocôndrias nesse filme, pelo visto aposentaram essa idéia ridícula.
Chato isso, Ep II é um daqueles filmes que não te da vontade de ver de novo, ou ainda, vc vai até alugar a fita mas vai adiantar o filme quase todo pra chegar onde interessa.

Mas quando chega o que interessa...
É foda!

As pancadarias tão tudo de bom, os brinquedos de combate estão lindos, tudo foda foda foda... Continuo achando que Star Wars tinha que concorrer ao oscar de Animação e não de efeitos especiais...
E o yoda batendo? O que é aquilo? Gremilin ninja!!!! Muita marra junta... Pena que qd chega essa parte do filme vc já está tão de saco cheio que já vê com uma certa má vontade.

Pra mim a frase do filme é:
"Jedi business! Come back to your drinks."
Vou adotar esse jargão...

Parece que ta todo mundo gostando do filme, só eu e a Carol não gostamos por hora ...

2 de jul de 2002

tudo por uma academia e wang cheng da silva

Ontem qd voltei do trabalho resolvi dar uma olhada nas academias de Vaz Lobo pra ver se eu começo a malhar. Descobri que a pé demoro mais de meia hora pra chegar e isso não é legal. Andar pra caralho, depois malhar e depois andar pra caralho de novo não é minha idéia de diversão.
No caminho passei pela única academia de Kung Fu que tem "próximo" a minha casa e ela estava aberta. Achando que o destino estava conspirando a meu favor fui lá eu determinado a estudar a arte marcial dos meus sonhos. Lá chegando me deparei com uma acabemia suja, pequena, feia, alunos tronchos e um professor vestid de porteiro (o cara nem com ropa de luta tava), como cara de tédio, ecorado numa parece dando ordens tímidas e desajeitadas para os alunos. Decepção total, custava ter uma academia que prestasse perto da minha casa? Quando perguntei quem era realmente o mestre dali me falaram que era o Wang Cheng e me apontaram umas fotos dele. Era um outro paraiba sem a mínima cara de chinês com gomex no cabelo para ficar com o pentiado preto e escorrido. Tenham medo dos porteiros de hoje em diante, eles podem ser o mestre Wang Cheng!!!

papo de elevador

O pagodinho, o ascensorista marginal do prédio onde eu trabalho perguntou na lata de um maluco que tava no elevador com a gente:
"Ai cupadi, tu num sabe quem qué comprá uns caroço de pistola 741 não? To cum penti cheinho lá em casa!"
O mancebo respondeu:
"741 não, o pessoal ta querendo ponto 40".
Pagodinho:
"Já é então, dá pra arrumá."

Umas figuras assim não tem blog... Infelizmente.

1 de jul de 2002

e foi dada a partida



Começou o Big Blogger Brazil! E eu estou lá! Mais um lugar pra eu falar merda, e dessa vez eu não estarei falando merda sozinho!!! Acompanhem, vai ser divertido.
parada do orgulho baiana

E lá estava eu com as meninas. Foi divertido, música de bicha é o que há! Uns batidão bom e sem vergonha, bicha não tem vergonha de ouvir batidão, funk e música brega tudo misturado, felicidade pura! Ficamos andando e dançando (eu a meu modo, é claro, batendo o pezinho) muito. Deu pra cansar, alguns deram até cansar. Felizes são eles...
Bascana é que com o penta virou um tipo de parada do orgulho brasileiro tb, e isso sempre é legal. Nessa horas que eu choro por não ter uma digital, esse tipo de post faz muito mais sentido (ou sentado, aproveitando o trocadilho) se acompanhado da penca de boas cenas e figuras que vi ontem. Eu realmente adoro esse povo gay.


Tem coisas que ninguém nunca vai saber, só eu...

e não é que somos penta?

Tudo bem o brasil ganhou numa de ser o menos pior numa copa de nível técnico tão fraco (como se eu entendessa disso, só dou ^C, ^V nos comentários do meu pai).
Ainda assim, isso é bom para caralho!!!
Até pq meu cartão entrou de novo em destaque e tal, a festa foi bacana, bem que segunda podia ser feriado mesmo : P.

Curioso foi que eu assisti ao jogo junto com os meus amigos. Foi a primeira vez em mais de 12 anos de amizade que a confraria nerd de Vicente de Carvalho sentou para ver futebol junta. Divertidíssimo, um novo nicho para a gente falar merda.
Piadas boas foram relativas a RPG, tipo o binho falando que força tem que ser sempre maior que a destreza pq o melhor ataque sempre vence a melhor defeza. Fora isso ficamos expeculando sobre o fato do Ronaldo ter dois ataques por round e o goleiro da alemanha ter um nível de barbarian (uma vez que ele aparentemente não fica flat footed). Outras piadas boas foram qd aquele negão entrou no time alemão e ficamos supondo que ele ia fazer gol contra, ou ainda, que ele ia jogar a favor do Brasil na verdade, afinal ele era um membro da pura raça ariana.
Teve um tal de Gilberto Silva na seleção que a gente só percebeu que ele tava jogando qd ele cortou uma bola da alemanha, tipo um striker de king of fighters, que aparece e vai embora, ou então foi uma magia tipo summon torcedor.

Eu sei, eu sei... Não tem a mínima graça, mas na hora rimos muito.

o 9° passageiro

Sim, pq todos se esqueceram do Jones na contagem. Pra quem não lembra Jones é o lindo gatinho que sobrevive junto com a Ripley.
Alien é um desses filmes perfeitos. Junto com Labirinto e Duna.
Só tem gente boa trabalhando: tio giger, tio moebius e tio scott.
Ainda tem a Sigourne Ripley em ótima forma com uma micro calcinha no final, matando um pobre alien que ficou paralizado vendo aquele coxão.