9 de jul de 2002

O post mais gay de todos os tempos

Hoje descobri que um amigo beesha de segundo grau virou traveco. Juntando isso com um post que eu estava pensando há algum tempo, está aqui o meu post gay.

Tipo assim, da tal sigla eu sou o S, sempre tive grande orgulho disso. Porém, confesso que as vezes me sinto meio ilhado. Um reduto de heterosexualismo (declinado como um desvio aqui) cercado por um mar de viadagem. Juro que por vezes me sinto freak show entre gays.

Óbvio que eu já cogitei largamente a idéia d'eu ser gay também. Acho que qualquer heterosexual que não pense seriamente na possibilidade de ser gay está se negando possibilidades. Uma vez que eu descobri que os únicos dois homens no mundo na qual eu me envolveria são dois grandes amigos meus (sem nomes, sem constrangimento), percebi que a questão é tendenciosa e com isso tirei algumas conclusões. Eu realmente admiro a beleza masculina, mas percebi que é sempre uma admiração por belezas que eu gostaria de ter. Ser mais alto, sarado, estiloso isso ou aquilo. Tesão por homem mesmo nunca tive. Pelo menos até hoje.

Gosto mesmo é de mulheres. De forma física e psicológica. O maior argumento em favor do criacionismo que conheço é a obviedade da mulher surgindo depois do homem. A versão 2.0 nunca pode vir antes da beta. Acho mulheres que gostam de mulheres algum tipo de feedback ideal. Sendo homem, posso falar com todas as palavras que homem é um saco! Isso pedia um trocadilho, mas não vai ter. Óbvio que tem mulheres que também são um saco. Normalmente são aquelas que se preocupam demais com homens. Óbvio que existem homens legais (até por que eu espero ser um). Normalmente são aqueles que não estão preocupados em ser "macho" o tempo todo.

Resumindo: da próxima vez que alguém me perguntar por que eu não saio do armário vou dar a seguinte resposta:

Por que está cheio de mulé boa aqui dentro!!!

Considero resposta mais do que suficiente. Para bom entendido...

Um comentário:

criminal disse...

falou tudo :)

ps: quanto protocolo esse blogger impoe pra um simples comentário!