8 de jul de 2002

um final de semana como eu gosto

vim uma porrada de filmes, então as resenhas vão ser curtas ok?
No mais foi como sempre: eu, Carol, Roberta, coca-cola e mousse de gorgonzola (pq nós somos chiquéeeeeeeeeeerrimos)

medo em cherry falls - eu recomendo, engraçadíssimo! O Serial Killer é um traveco que parece o Marilyn Manson. Reparem na cena do tubarão, esse filme vai ganhar um post maior qualquer dia desses.

como ser solteiro no rio de janeiro - pretencioso e sexista, se tiver meia piada boa é muito.

a fantástica fábrica de chocolate - eu amo esse filme, caos infantil em estado bruto, toda a malignidade da infância exposta sem medo de ser politcamente incorreto.

perseguidos por acaso - tem o Penn e o Teller. Eu gosto desses caras, reis do humor negro, estilosos e realmente engraçados, peões do caos se deixar eles fora dos palcos. O filme começa bem, os caras são foda, mas depois perde o rítmo. Pena, podia ser filmão.

domésticas - tem umas piadas boas, sofre um pouco na direção, mas é perdoável. As interpretações de suburbanas tão até boas, melhor do que muita interpretação lixo de novela das oito.

ilha dos mortos - parece mais um filme chato do Stephen King, mas é só um filme chato que não é do Stephen King.

a nova onda do Imperador - muito bom, histérico, bem feitinho, na linha de Hércules. Senso de realidade desligado.

a viagem de dexter - peguei pra carol ver, eu acho genial, pena que ela não curtiu.

nova iorque em pânico - treme tudo em nova iorque, mas as torres ficam inteiras. Rendeu umas boas piadas no começo, mas depois ficou chato.

E foi isso...


Nenhum comentário: