2 de ago de 2002

Derby

Para assinar de vez a minha carta de miséria comecei a fumar Derby prata hoje. Custa apenas R$ 1,10.

Comecei a fumar há uns seis anos (burro velho, poderia nem ter começado, mas enfim) com Carlton, meu cigarro preferido até hoje mais pela propaganda do que pelo blend. Depois passei pra Free, pois achei que tinha algo em comum com o Carlton. Depois Hollywood azul, que era mais barato que o Free. Agora, Derby prata. O sabor que conquistou o Brasil.

De sofisticado cigarro que patrocina eventos de dança, fui para o jovem cigarro que patrocina eventos de Jazz, para então ir para o cigarro radical que patrocina eventos de Rock, para agora ir para o cigarro do pagodão.

Ainda não é o fundo do poço, quando eu começar a fumar Townson, Sussex, Belmont e afins eu aviso.

Nenhum comentário: