30 de set de 2002

mostros e os tempos modernos



Foi semana passada a carol pegou o dvd (edição especial - duplo) de Monstros S.A. para vermos.
O conteúdo do DVD é genial, o dia em que minha neura de não gastar mais um puto comigo passar eu até penso em comprar um desses.
Os extras estão fodas, fora o impagável "for the birds" ainda tem teaser de "finding nemo" e um monte de curta metragens especiais para o dvd, todos valem muito a pena. Pixar é um dos poucos 3d que compensam. Fora isso o CD 01 (o que contém o filme) ainda é uma "aula" de como fazer multimídia para crianças, joguinhos e interatividades divertidas que valem a pena serem vistas por quem trabalha no ramo.
O outro CD é um daqueles materiais divertidos de se ver. Mostra como é o trabalho na pixar e o processo de criação de um longa 3d. Óbvio que é um recorte. Mostra os lugares legais da pixar, a galera andando de patinete de um lado para o outro naquele lugar maravilhoso e fazendo concurso de aviões de papel, sendo assim todo mundo quer trabalhar com animação. Não mostra o pessoal virando noite, retocando quadro no photoshop como escravos chineses e por ai vai, ou seja, o trabalho de corno que é fazer desenho animado. Só pra lembrar, ainda assim eu daria um braço para ser escravo chinês na pixar.
Ainda sobre o CD 02, é nele que se percebe o quanto o conceito de Monstros mudou durante o processo de animação. Quilos e mais quilos de animatics, character designs e storyboards, todos ótimos como referência de animação e processo, essencial.

Agora sobre monstros s.a.
O filme é genial, 3d como deve ser, com cortes de câmera e takes de animação 2d, sem histeria pela técnica e ainda assim com acabamento de fazer todo mundo guardar o mouse no bolso e não revelar que trabalha com animação.
A história é tudo que um longa metragem de animação deve ser, divertida, dinâmica, personagens carismáticos e idéias colocadas em camadas. Para as crianças é um delicioso conto de fadas sobre o que há dentro dos armários o valor da amizade, o mal perde e o bem vence e no final tudo fica muito melhor. Para quem já trocou a dentição toda muito para se ver no filme. A crítica ao sistema operário, história sindical, ressucitando ideias de Chaplin: levar com muito bom humor a massa a reflexão do cotidiano e do certo e errado nesse mundo pertubado que vivemos. Tudo no filme inspira isso, inclusive o clima anacrônico, cheio de detalhes que remetem ao início do século passado, desde a arquitetura até o estilo de algumas vestimentas até a abertura 2d do filme que, para ser mais pantera cor de rosa, só faltava trilha do Mancini. Nas motivações dos personagens podemos encontrar diversos tipos humanos que as crianças desconhecem, mas que nós adultos vemos o tempo todo nos labirintos corporativos. E tem o elemento paranóia, dos soldados sem rostos que estão sempre prontos a corrigir o que vc fez de errado.
A direção de arte? Suprema! Está lá o tempo todo e nunca se perde, as cores, os estilos, tudo amarradinho, da pra perceber pelos estudos (extras do cd 2) que eles conseguiram o que queriam, usar a tecnologia do século XXI para contar uma estória com estilo início do século XX.

Tudo isso só me faz lembrar uma coisa...
SHREK É O CARALHO! SHRECK É O MEU OVO ESQUERDO! FILME RUIM! FEIO! PRETENCIOSO E REACIONÁRIO!

ufa... desabafei...


tanta coisa para falar...

meu jardim ta murchando...

22 de set de 2002

nossa, como estamos caseiros

É isso ai, fim de mês (é, para mim já é fim do mês), duro como alguma coisa muito dura, fico em casa... Sem filmes, sem cinema, sem festas, sem porra nenhuma. Ok, aqui tem TV a cabo, nada mal...

A grande graça é que EU cozinhei : ) Fiz um bolo de chocolate que foi muito elogiado, fiz um arroz com Lula (vote 13 para presidente) meio bahiano (a Carol recomendou pôr dendê e pimenta) que fixou bem bom e mais pra de noite fiz bolinho de chuva, que ficou bem gostosinho. Estou determinado a me tornar chefe, igual ao Klein do lixomania, para isso contratei a melhor chefe que eu conheço, a Carol : )))))

Outra coisa boa do fim de semana é que uma grande amiga de quando cursei jornalismo no pinheiro guimarães me achou na net: a Monicão. Que saudade que eu tinha dessa menina, uma das únicas pessoas que valia apena ter contato naquele antro de imbecis que era aquela faculdade, tenho saudade de outras pessoas de lá tb, derrepente eu tiro um dia pra fazer uma visita lá, principalmente agora que eu moro perto de lá.

E foi isso...

Eu realmente prefiro qd meus posts são mais interessantes, mas tudo que eu tenho para falar hj é isso :P

18 de set de 2002

O pior de todos

A Vingança do Mosqueteiro é uma das piores adaptações do Dumas que eu já vi na vida. Segundo a Roberta, nunca houve uma boa adaptação dos mosqueteiros, mas eu e Carol gostamos muito do Homem da Máscara de Ferro.

Eu, como fã de capa e espada, tenho um tesão puto por essas coisas. Ao ler que a Vingança do Mosqueteiro era coreografado por um Chinês, um brilho apareceu em meus olhos meigos.

Mas não, o filme não é bom. O cinema americano acha que pra fazer filme "tipo chinês" a edição tem que ser tosca, a história contada as pressas e sem coerência e continuidade. Ok, eles estão certos, mas acho que só os chineses tem o feeling pra fazer isso e ficar bom.

As lutas do filme são mirabolantes, exageradas e tudo que se tem direito, mas tentaram mixar isso com muito movimento e corte de câmera. Resultado: ninguém entende patavinas do que está acontecendo. Aqui eu lembro do comentário do Tiago Teixeira sobre as lutas de LoTR serem como as lutas de Monty Python e o Cálice Sagrado. Sábios são os chineses, que casam essas acrobacias com uma câmera um pouco mais parada e com cortes mais longos, assim fica cada coisa ao seu tempo.

Atenção para:
- O vilão do filme que é mau como um pica pau de rabo verde. Uma de suas falas é "não tenho coração" e se chama Febre.
- O Athos parece uma versão brucutu do Silent Bob.
- Não tem ninguém bonito no filme, nem o Aramis. Só a menina de beleza americana que é "interessante", no máximo.

16 de set de 2002

13 de set de 2002

tudo é força, mas só beira-mar é poder paralelo

Já viram shopping fechado numa quinta feira as 3 da tarde? Pois é, eu já.

12 de set de 2002

AAAAAAAAAAAAAAAAhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!

Para tudo! Para tudo!!!

O Rush vem ao brasil!!!!

E no dia do aniversário do !!!!!

11 de set de 2002

11 de Setembro

Devo eu falar algo sobre o 11 de Setembro? Se for falar, falarei isso:

Me parece que o único que aproveitou o dia de hoje foi o Fernandinho Beira-Mar. Uê e Celcinho da Vintem rodaram. Com isso, a ADA perde seu fundador e cabeça. Com certeza vai ter tiroteio no Juramento, onde eu moro com os meus pais. Vão querer invadir o morro de qualquer jeito. O Juramento tem valor simbólico para o tráfico, uma vez que era o QG do Comando Vermelho na época do Escadinha.

Toque de recolher.

10 de set de 2002

wet warm kid meets cold dry woman

Encontrei no icq a minha primeira namorada, a Bianca.
Foi estranho, fiquei um pouco assustado no início com o quão "normal" ela ficou ao longo desses mais de seis anos em que, absolutamente não nos víamos.
Confesso que fiquei um tanto aborrecido com um certo tom de desdenho (provável neurose minha) com a qual ela se referiu aos meu hobbies.

Ela disse:
"E o "arcano", pelo jeito você não usa mais no seu sobrenome. E o rpg, os grupos de rock? Ainda persistem ou foram momentos da adolescência?"

Eu entendi:
"E então seu debilóide? Já cresceu ou continua uma criança estúpida?"

Acontece, não contava com certas reações, mas a vida corre mais do que a gente. Fiquei feliz em saber que ela está "bem". Bem entre aspas pq ela está "estável" e, por mais que eu goste de "estabilidade" não considero ela exatamente "bem"... Ah! Vcs entenderam.

Bizarro mesmo foram algumas mudanças de essência. Pessoas mudam, planos mudam, idéias mudam, que ótimo. Mas certas essências qd mudam tem significados estranhos. Eu ainda lembro da Bianca sorridente, bricalhona, infantilóide, aliás foi por essa menina que eu me apaixonei qd tinha 14 anos (Deus do céu, já faz 10 anos), encontrá-la cisuda, austera, pragmática foi um tanto chocante para mim. Me fez pensar que qd eu comecei a namorar com a Carol ela não chegava a ser assim, mas era muito mais "adulta", hj já está bem mais dispojada. Conclui que sou uma péssima influência, ou que ainda, eu meio que descolo as pessoas da racionalidade.

Em fim, tomara que continuemos conversando e que essa impressão passe. De qualquer outra forma...
boa noite, dorme com deus, sonha com eu e mais um monte de tati bitatis que eu não lembro.

Graças aos céus hj em dia eu tenho todos os tati bitatis, infantilidades, brincadeiras, coisas fofas e gostosas de se viver que eu preciso (e mais algumas) para ser feliz com vc, meu amor. Não sei o que seria da minha vida sem vc.

9 de set de 2002

Sobre o que eu tenho feito

Domingo eu fui no Gameworks com as meninas. Eu num curtia muito aquele lugar não. Lembro que da primeira vez em que fui lá com a Carol achei os simuladores chatos e não achei nenhuma máquina que prestasse. Ontem não foi assim, me diverti pacas. Fiquei jogando pod racer e, depois de algum tempo, até que eu já estava me saindo bem. Fora isso fiquei jogando jurassic park (eu tenho medo desse jogo) e, graças a Roberta, que realmente sabe atirar (contrário de mim que sou pereba que toda a vida), consegui até ir longe. Mas a estrela da noite mesmo foi um jogo de tiro em que vc se esquiva das balas, tipo bullet time! Muuuuuuuuito foda, to com a perna doendo até agora de tanta flexão que fiz. Precisamos fazer isso mais vezes!

Ah! E como estava num templo do consumo, comprei um boneco do Nasgul! Muito maneiro tb : ))))

Se eu fosse...

um músico, seria... Mark Sandman
uma frase, seria... "criatividade é saber esconder suas fontes”
uma pergunta, seria... “tem mais?”
uma banda, seria... einstürzende neubauten
uma música, seria... “jesus built my hotrod”, ministry
uma flor seria ... cravo
um nome, seria... Ian
uma bebida, seria... suco de melão
uma palavra, seria... catarze
uma arma, seria... arco e flecha
um gesto, seria... thumb´s up
um animal, seria... urso
um desenho, seria...”invader zin”
um personagem, seria... Spike, de “cowboy bebop”
um filme, seria... “Labirinto”
um lugar, seria... Estocolmo
uma ator, seria... John Depp
um livro, seria... As portas da percepção - aldous huxley
um programa, seria... ir ao cinema (Deus, como eu sou óbvio)
um objeto, seria... um brinquedo
um instrumento, seria... uma chapa de metal
um horário, seria... 3 da tarde
uma cor, seria... preto
um dia, seria... sábado
um refrigerante, seria... guaraná jesus
um chocolate, seria... crunch
um biscoito recheado, seria... limão da piraque
uma estação do ano, seria... Inverno
uma utopia, seria... saber tudo que eu quero saber, que é tudo
uma fruta, seria... manga
uma comida, seria... pizza
um beijo, seria ... profundo
uma figura, seria ... retângulo
um perfume, seria... pollo
uma cura, seria... repouso
um pedido, seria ... “Me dá mais um”

Questionário criado por Bonitinha
sobre o que tenho visto

hnf...
Tô num época tão fraca de vídeo e cinema... Eu já ia muito menos do que gostaria, agora então...
Esse fim de semana só vi dos filmes, e nenhum dos dois foi bom.

Vi aquele "o amor é cego" (pq carol insiste em comédias românticas). O filme até poderia ser engraçado se o ator principal fosse engraçado, mas não é o caso. Tem um ou outro truque bom e para por ai. Não vale.

Tb Vi Hora do Rush 2. Carol sabe o qt eu gosto de Jack Chan e fez esse sacrifício por mim. que filme divertido, roteiro estapafúrdio, lutas mais ainda. Eu adoro Jack Chan. A Carol, por incrível que pareça, não acho tão detestável. Prometi a ela tentar descolar Drunken Master pra ela ver.

E vi um filme meio documentário do Ed Gein, a Roberta é viciada nesse cara. Só que o filme é tosqueira que dói, e, segundo ela que é autoridade no assunto, ultra mal daptado. Quem é Ed Gein? É um serial killer famoso, o tal canibal transexual que tinha uma roupa de pele humana. O cara tem um culto de seguidores de dar inveja ao Charles Manson, fora o fato que ele é *A* inspiração para um pá de filmes.
Aliás acho que vou passar o dia lendo sobre ele, vendo coisa legal eu posto aqui.
sobre o que tenho lido

Hj vou atualizar a bagaça ai do lado. Óbvio que eu já terminei de ler a ilha das almas selvagens, eu demoro para ler mas não vamos exagerar.
Toda vez que leio sobre o Dr. Moreau eu tenho vontade de fazer um puta longa metragem de animação contando essa história, fazedno bem ia ficar melhor do que todas as adaptações pela saco que rolam por ai.

Depois eu parei pra ler a nuvem amaldiçoada, do Sr. Arthur Conan Doyle. Esse conto é bem razoável, mas ta loge de ser o melhor dele. Um outro conto que vem no mesmo livro sobre um fantasma no ártico é bem mais legal, parece até coisa do Lovecraft. Mas num adianta, Sr. Doyle é o Tio Sherlock mesmo. Esse cara é foda.

Sim, como vcs podem perceber eu gosto de literatura do fim do século 19 início do 20.
Junto com esses dois picões ai (e a referência ao Lovecraft) eu tb curto o Julio Verne e o Robert Louis Stevenson. Se alguém lembrar mais algum autor (ou autora, sem preconceitos) desse período e desse gênero (fantasia científica positivista) me recomende por favor.
Entenderam agora pq eu gosto tanto da Liga Extraordinária?
Entenderam agora pq eu já estou aborrecido por saber que o filme da liga extraordinária vai ser uma merda?

Pois é, agora estou rererelendo Duna. Muito foda.
Estou relendo um monte de coisa até conseguir Deuses Americanos do Neil Gaiman para ler.
Se carolzinha não me arrumar um exemplar vou acabar comprando mesmo, mas eu me recuso, uma vez que namoro um livreira (ou buquenista, chique neh?).
Vamu lá meu mô lindo, me adianta esse livro : )))

6 de set de 2002





Quotes

"Nessa vida ninguém vale nada, e os que valem não valem porra nenhuma."
-cassiano

"Dessa vida só se leva o que se come, o que se fode e o que se bebe"
-Um cara bêbado de vicente de carvalho.

"Água morro a baixo, fogo morro a cima e mulher quando quer dar ninguém segura"
-lameira de caminhão

"Cavalo que pula rodando e mulé que goza gritando não é defeito, é qualidade"
-mais lameira de caminhão

"O meu senhor é professor de matemática e medicina, porque jesus só existe no livro e na cabeça do pastor"
-um louco com bíblia em punho hj cedo no sinal

"Polícia é o caralho, polícia, vai se fuder"
-go (um louco clássico de vicente de carvalho)

Drummond é o meu ovo esquerdo. A verdadeira sabedoria pertence as lameiras de caminhão, aos loucos, aos bêbados e aos amigos.
Nihilismo é o que há.
Estocadas cadenciadas...

Como é divertido ver os termos que os escritores de "cartas da forum" usam pra foder.

5 de set de 2002

fujam todos, ele é negro!

vi dia de treinamento ontem...
Puta filme bem feio e tal. História legal e por ai vai.

Mas porraputaqueopariuquemerda, a porra do branquelo, sem graça, puro de coração é o herói da história e todas as outras minorias são criminosos filhos da puta.
Não fode, que merda...

Quer saber, eu fique puto do Alonzo ter morrido no final. Alonzo rlz, quero ser policial igual a ele. O cara é super herói e não um policial. Muito foda...
Merda daquele branquelo escroto, tinha mais é que se fuder...

Acho que é isso que eu tinha pra falar sobre esse filme...


2 de set de 2002

hunf

Chuva, frio, vento. Como eu queria que o Rio de Janeiro fosse sempre assim...
E como eu queria aproveitar melhor os dias assim...

Um bom final de semana, mas é pq eu são raros os finais de semana ruins, uma vez que, no mínimo, sempre tenho por perto quem eu amo.
Uma das grandes graças de ter um blog é que você começa a, naturalmente, criar folders em sua mente e enchê-los com os fatos. A minha mente ta assim:
+ blogável (tipo isso que vc ta lendo, news, cotidiano, amenidades)
+ blogável mas eu tenho que preparar o post com calma (bombástico, genial, criativo - esse folder vive cheio e raramente esvazia, depende diretamente do meu tempo pra jardinagem digital)
+ não blogável pq é sem graça (hj eu dormi de meias)
+ não blogável pq eu não quero (vc não acha realmente que eu vou citar algum exemplo desses neh?)
+ não blogável pq eu não posso (adoraria citar alguns exemplos, mas naum :), eu adoro fazer charminho)

Em termos de blog o que te faz sentir comum são as pastas blogáveis e o que te faz sentir único são as não blogáveis.

você é o que você não fala

Acabo que perceber que eu sou muito mais canalhafilhodaputa do que eu pensava...

Fora isso meu final de semana se reduziu a 3 idas ao bingo com as meninas. Ninguém merece... Mas como eu disse antes, já vale pela compania...
Fora isso eu to me sentindo o neurótico supremo, aqui na vox ninguém disse absolutamente nada sobre as cotas não cumpridas...
Fora isso eu não consegui ler nada, ver nada e ouvir nada novo o final de semana inteiro...
Novidades? Eu vou dar aula num curso de quadrinhos da estácio de sá, mas a aula que vou dar é de animação para internet. Recebi na sexta e já estou vendo o dinheiro vazar. Viram? Novidades apenas de trabalho...

Eu fico tão melancólico no frio...