29 de nov de 2004

Abascanto

Primeiro queria agradecer a boa vontade da professora. Segundo deixar na internet a verdade sobre o que significa abascanto.

"Sr. Romulo Marques,

a palavra Abascanto ou abascante, na verdade, pode ser encontrado nos dicionários de latim como um adjetivo "abascantus, -a, -um", significando "que não é ou não pode ser desacreditado; que está a coberto das maledicências ou dos feitiços". Vide, por exemplo, SARAIVA, F. R. dos Santos. Novíssimo dicionário latino-português. RJ, Livraria Garnier. No entanto, essa palavra é de origem grega (Abaskanton, ou = aquele que está a salvo de malefícios, amuletos), que se forma do verbo "baskaíno" (fascinar, enfeitiçar, jogar a sorte; olhar com olho invejoso, invejar, ver algo com maus olhos) + o prefixo "a" (que indica negatividade ou privação). Esta palavra também pode ser encontrada em dicionário de português, como o MORAIS Silva, Antônio de. Novo dicionário compacto da língua portuguesa. Editorial Confluência, com o significado de "que preserva de malefícios, que está ao abrigo da maledicência ou do malefício; o que não se pode desacreditar; (e no plural) certos caracteres mágicos usados como talismã preservador da maledicência e da inveja.
Atenciosamente,

Ana Thereza Vieira"

19 de out de 2004

Surreal

É tudo que eu tenho para dizer. Como comentou o Elton, parece coisa da MAD

O melhor da Europa

Conheçam a Molvania.
Eu adoro ver humor levado a cabo. Ser engraçadinho nas festas, entre os amigos, ser um cara espirituoso é fácil. Difícil é fazer até um video clip de um país que não existe.

Conheçam Zlad!



Divirtam-se com Zlad!

Você sabe que um relacionamento vale a pena quando um amigo te passa uma piada realmente engraçada.

Valeu Rafael do Meier.

28 de set de 2004

Desuso

Parece que num mundo de fotologs e orkuts, os blogs caíram em desuso. De certa forma eu continuo achando os blogs a melhor contribuição até agora.

A idéia de blog abriu a porta para as outras tecnologias do "ver e ser visto", as versões digitais do jet set.

Colocar uma imagem no ar é mais fácil que colocar um texto, principalmente agora que as câmeras digitais estão ficando mais baratas. Ou seja, só está ficando no blog aqueles que têm amor a palavra. O restante que antes tinha um blog para dizer nada, agora podem brincar com imagens que valem muito mais do que as mil palavras que eles desconhecem.

Uma queda paupável foi a de frequentadores que comentem os textos, os pequenos foruns que antes se formavam por qualquer assunto.

Mesmo com a sensação de falar com as paredes, ainda vale a pena.

Um dia eu faço até um lay out próprio. Quem sabe?

15 de set de 2004

Aliens X Predador

Óbvio que ninguém esperava muito desse filme. Talvez até por isso ele não ofenda tanto. Sinceridade é tudo.

O filme é ruim para os dois lados: tanto se você for uma pessoa normal, com o senso lógico normal e ir "tabula rasa" para o cinema; quanto se vc for um nerd decrépito que quer calcular o CR do Alien e do Predador. Ou seja, é ruim como história e é pior como "produto para fãs". Tem que usar um babador para pensar o contrário disso.

Para compensar, o filme é bonito. Além da beleza plástica dou um certo crédito ao uso mínimo e necessário de computação gráfica, várias vezes preterida por bonecos animatrônicos e outros itens cinematográficos.

No geral, não é um bom filme de ação. Tem menos cenas rápidas do que deveria e muito menos combates do que o filme pedia. Baixa adrenalina. A culpa disso tudo é uma só: humanos. Defitivamente os humanos são o pior momento do filme, tanto em termos de presença, quanto atuação, quanto no que o filme teve que se tornar para contê-los. Toda a rocambolice que tem no filme está lá para explicar "afinal, onde entram os humanos".

Merecem destaque as animações da rainha Alien na neve e um salto anime like que o predador dá no final para alvejar o grande monstro negro.

Pena, bem menos do que poderia ser. Morte aos humanos.

14 de set de 2004

O desenho é velho mas é limpinho



Feito quando eu ainda trabalhava na Universal Produções. Testando os pinceis do Photoshop.

Se você quer uma versão maior (vai que alguém resolve fazer uma blusa disso ou coisa parecida?) é só clicar aqui.

Eu vi a mulher gato

O engraçado é que esse blog ficou um bom tempo parado e o meu post anunciando que o filme seria um lixo está logo aí embaixo. Mérito algum. Nesse caso, não era difícil ser profético.

Em linhas gerais: se você conseguir, pelo mesmo preço do cinema, um grupo de brutamontes que te espanque até a inconsciência, você vai se divertir mais e ser menos humilhado.

Interessante do filme é que eu me senti representado nele. A personagem principal, antes de partir para uma profissão mais nobre (que envolve roupas de couro e chicotes), é uma designer. Sendo assim, no início do filme nós somos agraciados com uma representação do dia a dia dos desenhistas industriais. Temos um biba histérica, uma gorda fútil e uma palherma (que devia ter os livros da edição 3.5 do D&D em sua estante), sendo esta última a personagem principal. Se esse pequeno - mas honesto - grupo não representar a classe, eu não sei mais o que vai representar.

Fotolog

Pois é, agora eu tenho um fotolog. Divirtam-se com minha fuça feita.

2 de abr de 2004

Sobre as tempestadades da Mulher Gato

A Halle Berry ainda não fechou para fazer X-Men 3. Ela acha que é uma mega estrela.
Na boa, o filme Mulher Gato vai destruir tanto a imagem da menina que ela vai implorar para ser a Ororo de novo.

Que se exploda.

22 de jan de 2004

Threadless

Eu mandei mais umas tosqueiras para o threadless, que foi dica do Nic. Já estão para sair, mas da tempo de vocês darem uma olhada.

My Threadless.com Submission


My Threadless.com Submission


My Threadless.com Submission


My Threadless.com Submission


My Threadless.com Submission

13 de jan de 2004

Vergonha ou: Eu fui um punk de pracinha juvenil

Hoje novamente consegui contato extraplanar com a minha primeira namora, a Bianca. Toda uma certa preocupação que eu tinha quanto a ela estar bem ou não rapidamente passou na sua primeira demonstração de bom humor.

Deu para ver que minha última impressão do caso foi puramente fruto de um dia de mau humor dela, meu ou de ambos talvez.

A graça foi que lá pelas tantas começamos a nos lembrar das coisas imbecis que fazíamos ou que falávamos um para o outro no auge do nosso romance adolescente. Frustrante foi ela não lembrar da seqüência insana de tatibitatis que falávamos, quase que como um mantra, um para o outro em nossas despedidas telefônicas.

A Bianca desenterrou do fundo do poço uma frase que eu, com meus 14 ou 15 anos, ostentava em minha bolsa ou calça (e posteriormente bermuda) jeans:

Pela glória do Justiceiro e pela volta dos Dead Kennedys

Quando eu consegui controlar o riso tive que meditar, e muito, sobre essa pérola of mine.

Primeiro, se você contar que "justiceiro" engloba quadrinhos e RPG a frase sintetiza exatamente tudo que era a minha mente aos 16 anos: ler marvel, jogar SPD* e ouvir Slayer, Guns and Roses, Dead Kennedys, Ramones e os revimétaus da época. Bons tempos.

Também devo dizer que o Justiceiro não teve lá grandes dias de glória, salvo uma fase razoável que ele teve com o Garth Ennis escrevendo. O Dead Kennedys até voltou, mas voltou sem o Jello Biafra e cobrando irrealmente caro por um show no clube do América.

É isso então, minhas maiores expectativas da adolescência foram frustradas uma a uma. Vida cruel.

* O sistema de RPG que eu e meus amigos criamos a partir das lembranças que um de nós tinha de uma partida de AD&D jogada na Alfarrabista do Rio. Significava Sistema Poderoso e Destruidor. As vezes o nome era dito com alguns superlativos.

7 de jan de 2004

Aqui perto do trabalho

"Olha o caldo de cana! Olha o caldo de cana!
é o puro suco da FRUTA!


Yeh! Assim como o tomate, a cana de açucar tb é uma fruta!

Link do dia: portfolio do Brett Hellquist, o ilustrador das "desventuras em série", o melhor subproduto do subproduto Harry Potter que foi feito até agora.

6 de jan de 2004

Sobre lendas urbanas

E agora para algo completamente diferente.

Na verdade, nem é tão diferente assim, mas eu sempre tive vontade de falar isso.
Novidades? Não, obrigado.

Link do dia: http://www.snopes.com.
Dica do meu irmão.

Aliás eu já falei que estou jogando um p.bem com uns amigos?