9 de jan de 2005

Prazer Besta

Eu queria fazer um programa de TV, na linha de No Limite, com esse nome.

Assistindo ao noticiário eu vejo reportagem sobre pessoas que morrem praticando "esportes radicais", como escalar o Aconcágua ou alguma coisa assim.

Tenho amigos alpinistas que contam passagens escabrosas como atravessar um buraco escalando, sendo que à sua direita está um ninho gigantesco de aranhas.

Um desses amigos está na Bolívia e mandou um e.mail detalhando a viagem no trem da morte.

Parece que certas pessoas têm essa mania de passar perrengue e ser feliz com isso.

A forma mais branda que eu conheço disso é acampar.

4 comentários:

appothekaryum disse...

Faça o seguinte roteiro: Linha Vermelha as 3hs da madrugada. Av. Brasil. Depois uma voltinha pelo Chapadão, passando pela Mineira e pela Rocinha/ Vidigal.

Cara, dar essa volta na cidade é uma emoção tão grande, quanto a de escalar´.

Alias, em Teresopolis as pessoas fazem caminhadas para o Dedo de Deus. O da Pedra do Sino, são 6hs de caminhada para subir e mais 6hs para voltar. A melhor época do ano é em junho/julho (menos chuvas).

:)

Rafael Vaz disse...

Eu juro que gostaria de ser assim, mas meu espírito aventureiro tem mais a ver com estórias de super-heróis, mesmo.

Tatiana Vieira disse...

Rômulo? Qto tempo! :)

Leo Azevedo disse...

Acampar??? Só se o camping tiver chalés e uma cama bem macia! E claro, ar condicionado.