16 de abr de 2005

Deus é muito criativo

Principalmente comigo.
Principalmente sobre certas questões.

Por vezes eu tenho vontade de olhar par cima e falar "Ok! Ok! Eu já entendi!!!". Eu tenho a impressão concreta de que toda vez que eu tento fazer algo que, de certa forma, é comum, cotidiano, quase que um hábito para uns e outros, mas que ainda assim é levemente errada, a energia cósmica de retaliação vem com toda força para cima de mim. Fazendo com que tudo dê realmente errado na pior configuração o possível. Logo é complicado não ficar pensando "Pô, mas tal parada assim e assim era muito pior e deu certo", "Pô, mas e Fulano? Já fez isso trocentas vezes e nunca deu merda!". Impossível não se sentir "pego para cristo" numa hora dessas, quando você perceber que a situação já parecia estar montada há eras para ser da pior maneira o possível.

Acho que é um talento que eu tenho. Mas esse, definitivamente, não serve para ganhar dinheiro e nem para combater o crime. Eu sempre tive carinho por heróis com poderes inúteis e surreais, acho que eu estou querendo bater algum tipo de recorde com os meus.

Sou paciente e gosto de gostar. Esse é o maior problema, creio. Tomo coisas como questão de honra depois de um tempo. O que faz com que eu me foda grandão quase sempre. Mas depois da relação que eu desenvolvi com o criador eu já passei a achar graça. Já olho para cima e falo "BOA, CABELO!!!" (só para deixar a nova piada interna aqui no blog). Deus e eu já temos os nossos hábitos, nossa sinergia, nossa previsibilidade, coisas de um bom relacionamento construído com o tempo, eu sei que eu vou ser sacaneado aqui e ele sabe que vai me sacanear de lá. Depois nós dois vamos rir muito disso.

Coisa de amigo mesmo, entende? Afinal, amigos sempre se sacaneam, se abraçam, podem contar um com o outro num momento de necessidade. Mas isso não muda o fato que qualquer mole que você dê vai resultar numa gracinha ou outra. Antes ser sacaneado pelos amigos do que pelos inimigos, sempre pensei assim. Por essas e outras eu prefiro ter o Todo Poderoso do meu lado e não contra. Afinal, se já é assim com nossa amizade, imagine sem.

Por essa que eu estou passando agora, só posso dizer uma coisa: "BOA, CABELO!!! Mas vê se dá uma aliviada e resolve o meu lado, na boa! Custa nada, né? Depois de tanto tempo de coisa escrota, um pouquinho de paz não vai abalar nossa amizade, não é verdade?"

Sei que ele me ouve. Espero que ele não tenha ficado ofendido por eu ter feito umas orações para o Batman também. Afinal, ele consegue resolver qualquer coisa, por que não os meus problemas também?

Um comentário:

Rafael Vaz disse...

É sempre bom saber que podemos contar com os amigos.