18 de abr de 2005

Museu é a maior diversão

No domingo, eu, Thales e Fernando fomos levar as crianças para passear.
Ao ler "crianças" entenda um grupo de adolescentes e outros nem tanto que fazem parte de um forum que nós três, entre outros amigos, frequentamos.

Eu realmente acho bacana levar a gurizada para um museu, incitar alguma discussão crítica qualquer acerca da arte contemporanea e por aí vai. Fora o fato de que eu nunca tinha ido ao MAC e achei o lugar muito bonitinho e de clima agradável.

Só é chato ter que aturar a alcunha de "tio" vez ou outra, mas com o passar do tempo vai ser bom eu me acostumar com isso. É até bonitinho a gurizada se dirigindo a mim como "Tio Opium". Noves fora a questão policamente incorreta do meu apelido autoentitulado.

É isso. Ainda com saudades. Ainda atrasado com os trabalhos. Ainda preocupado com uma série de coisas. Ainda adulto, para bem ou para o mal.

Um comentário:

Paulo disse...

Saudade de visitar os museus lá de Petrópolis.

E você está certo. Hardcore é muito melhor. Ouço direto aquela rádio online Monsters of Hardcore. Teve recentemente lá na Eura uma mega rave comemorando dez anos de hardcore, com mais de 30 DJs. Como eu queria estar lá.