1 de jul de 2005

Abaixo aos textos!

É, é isso. Chega!

Chega de postar uma vez na vida e outra na morte devido ao vício em textos bem estruturados! Nunca mais ficar maturando e perdendo idéias que voam para longe devido a minha cisma em criar textos que pareçam bons e nem são! Devido as minhas incapacidades gramaticais.

De hoje em diante, liberdade para as frases soltas! Para linhas perdidas! Para o qualquer coisa!

Aqui no trabalho já perceberam a minha veia para comédia. Me tornei escritor oficial do "momento besteirol" que é uma lista paralela com as merdas com as pessoas falam aqui. Não vou postar esses momentos aqui, uma vez que em grande parte são piadas internas e, por muitas vezes, sem graças. Mas vão ai duas tiradas minhas que levaram o IT Rio da Halliburton as gargalhadas.

Primeiro: Durante uma conversa casual sobre digitação.
Alguém - Eu digito só com 3 dedos de cada mão.
Alguém - Eu digito sem olhar para o teclado quando me empolgo.
Alguém - Cara, eu poderia não ter o mindinho, eu não uso ele para nada durante a digitação.
Eu - Bem, você pode trair a máfia japonesa sem problemas.
*Gargalhadas*
Alguém - Romulo, como você consegue ter essa velocidade de raciocínio?
Eu - Cresci em Vicente de Carvalho.

Segundo: Conversa sobre a operação que a vó de um amigo de trabalho vai fazer.
Amigo - Cara, a operação já devia ter acontecido, mas minha vó tem problema de pressão alta.
Alguém - Como está a pressão dela?
Amigo - 21.
Eu - Cacete! Se derem um talho no braço dela voa sangue a uns 5 metros pelo menos.
Amigo - É mais ou menos isso mesmo.
Eu - Ela pode combater o crime com isso...
*Alguém se engasgando com água e o restante gargalhando*
Eu - Imagina só um lance meio homem-aranha. Fuiche, fuiche.

Pena que não é esse o meu trabalho.

Um comentário:

Ynara disse...

Já tentou SITCOM?