25 de set de 2006

Caro anônimo

Para provar que eu sei o que é bom eu tiro seu comentário do limbo e trago para a postagem. Dessa forma, o humor vindo de sua mensagem pode ser compartilhado por todos.

Anonymous said...

olha vc não sabe apreciar o que é bom, pois esse grupo esta sendo o fenômeno do momento.Eu adoro amo todos eles do grupo RBD e todos os atores da novela REBELDE exibida pelo SBT.E aposto que no fundo vc tbem curte todos eles não quero ofender ngm mas essa é minha opinião.


Digo mais, caro anônimo, quando for questionado sobre o valor cultural de Rebeldes lembre-se de dizer que o programa é baseado na Revolução Francesa. Logo é um representante legítimo dos melhores valores ocidentais.

Agora vou provar que eu não sei o que é bom e vou alí tomar uma cachaça.

5 de set de 2006

Missão


Eu sei que as pessoas ativas em blogs fazem essa brincadeira umas com as outras. Como eu nunca fui muito forte em blogs eu sempre fiquei de fora e morria de invejinha.

Aí a Beta praticou "inclusão digital" e me incluiu numa dessas "missões".

Ela disse 6 coisas sobre ela e passou a missão para outras 6 pessoas. Essas 6 pessoas (eu incluso) têm que fazer o mesmo e passar para mais 6 pessoas. Se não seu nome vai constar na lista de "clientes quentes" de um vendedor da Enciclopédia Barsa.

Eis as minhas 6 coisas:

1 - Eu tenho uma grande dificuldade de decorar a grafia das palavras. Fico horas para lembrar se uma palavra é com S ou com Z entre outras coisas. Eu me sinto péssimo com isso, praticamente um analfabeto funcional.

2 - Eu vou casar no início do ano que vem. Espero que as estatísticas estejam corretas, pois sempre falam que o segundo casamento é mais sólido e feliz que o primeiro.

3 - Eu sou um otimista. Tento sê-lo o tempo todo. Irracionalmente. Eu não consigo um meio termo. Algumas poucas vezes ao ano eu fico pessimista e acho um saco.

4 - Eu preciso cortar as minhas unhas. Devo fazer isso hoje quando eu chegar em casa.

5 - Eu fico muito feliz quando eu resolvo alguma coisa. Eu vivo na fantasia de que eu nunca consegui concretizar nada na vida, logo sempre que eu consigo é como se fosse a primeira vez.

6 - Nos dias pessimistas eu fico plenamente convencido de que eu nasci para ser pobre, que o mundo funciona num sistema de castas e que não importa o quanto eu trabalhe ou estude eu nunca vou mudar para uma casta superior.

Bom, agora eu passo a missão para frente. Foda é que ninguém mais lê esse blog, nem eu. Então vou ter que mandar um e.mail para as pessoas ou avisar no blog delas de que elas têm uma missão. Vamos lá:

Paulo, Ronaldo, Rafael do Meyer (que já foi chamado pela Joaka, mas não falou nada ainda), a Vivi, o Elton e o Hastur.

A chamada do Elton e do Hastur é quase uma piada em sí mesmo. Usando "correntinhas e missões" para ressucitar os mortos.

Ah! Não me perguntem por que essa corrente tem que ir com essa imagem-piada aí de cima. Também achei ela bem bacana.