27 de ago de 2013

August 27, 2013 at 05:50PM

Algo que me diz que daqui a 10 anos, vamos ver estatísticas e pesquisas que vão mostrar o ganho do programa Mais Médicos para a saúde nas regiões mais pobres do Brasil assim como hoje chovem pesquisas que mostram que a diferença no desempenho dos cotistas não é significamente diferente dos não-cotistas e a qualidade da educação das universidades públicas do Brasil continua a mesma, seja precária ou esplêndida dado os mesmos fatores de sempre: curso, cidade, apoio privado ou não. Assim como existem diversas pesquisas sobre o impacto positivo do bolsa-família na alimentação, educação, moradia e qualidade de vida dos beneficiários. É só a história se repetindo, gente. Nada demais.

Nenhum comentário: